Azeite, mais do que saboroso: amigo da saúde

site

Bom para tudo! O que para muitos pode parecer uma afirmação exagerada, passa a fazer sentido quando se descobre a lista de benefícios desse óleo potente.

“O azeite pode reduzir a taxa de colesterol ruim e afastar o risco de diabetes, de artrite, reumatoide e de câncer. Melhora o funcionamento do estômago, do pâncreas, é digerido com facilidade, não tem colesterol, acelera as funções metabólicas, estimula o crescimento e favorece a absorção de cálcio”.

A medida de 2 colheres (sopa) do óleo por dia já é capaz de colaborar para a prevenção do câncer, entre outros bônus.

O modo de produção de cada tipo de azeite interfere diretamente no sabor e na qualidade do produto. O mais intenso, límpido e saudável é o extravirgem, obtido da primeira extração das azeitonas e com acidez de até 0,8%. Despejar esse líquido como toque final de pratos é garantia de doses extras de substâncias antioxidantes.

O tipo favorito para pratos que vão ao fogo é o virgem, com sua acidez de até 2% e sabor menos acentuado. O azeite refinado é matéria-prima industrial e deve ser utilizado em preparos em fogo baixo. Já com preços populares, o do tipo puro é a mistura do azeite refinado com o virgem ou extravirgem.

Benefício comprovado

Pesquisadores das Universidades de Las Palmas e Navarra concluíram que indivíduos que mantêm uma alimentação rica em azeite têm 30% menos chances de desenvolver depressão. A descoberta foi resultado do acompanhamento de 10 mil adultos ao longo de 4 anos. “Alguns estudos revelaram que o azeite aumenta a serotonina, provocando um efeito semelhante ao dos antidepressivos”.
Esse neurotransmissor é diretamente associado à sensação de bem-estar, mandando a tristeza para bem longe.

O óleo também é ótimo para preservar a memória, por ter polifenóis e vitamina E em sua composição – antioxidantes de efeito neuroprotetor. “Pelo fato de o azeite ser uma gordura de boa qualidade, auxilia na formação de células nervosas saudáveis, além de desempenhar importante atividade antioxidante, o que previne a degeneração dessas células no cérebro, contribuindo então para a manutenção do sistema nervoso”.


Celeste Zeminian Celeste Zeminian
Apresentadora, modelo, atriz e cantora.
http://www.universoceleste.com.br
celeste@territoriobebop.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *